setembro 11, 2017

11 de Setembro. Uma mãe de muitas tragédias.









Cumpre-se nesta data mais um aniversário sobre um acontecimento trágico, o 11 de Setembro. 
Se acreditam que um avião em alumínio, incapaz de resistir a uma manobra de poisar mais violenta sem se quebrar, que sofre danos dramáticos pelos simples impacto de uma ave, mas consegue atravessar um edifício todo construído em aço, preparado, segundo os engenheiros projectistas, para resistir não a um mas a vários embates de aviões, então são capazes de acreditar no Pai Natal....
Mas tenham paciência, nesta treta, eu não caio!


Asa de avião danificada pelo impacto de uma ave.
 Penas e ossos ocosversus alumínio....

Vários exemplos de narizes e asas de avião destruídos pelo impacto de ave.


 Pretender que isto atravesse um edifício em aço...
 Nem o aço de um reactor escapa ao impacto com uma ave
 Se alguém acredita na história oficial dos aviões como sendo passíveis de atravessar o aço, então, e dando o beneficio da dúvida, que se faça a demonstração prática.
Cientificamente está demonstrado que não é possível, mas, tal como há mais de cem anos, também os cientistas afirmavam que jamais qualquer objecto mais pesado do que o ar poderia alguma vez voar.


Em todas as imagens fica patente quão frágeis as aeronaves
são: um pássaro destrói gravemente a estrutura  necessariamente
ligeira  do avião




Cada avião pesava 130 toneladas, cada torre 500.000. Ou seja, é o mesmo que acender um fósforo e querer que ele consiga derreter uma colher de sopa.





Falta agora demonstrar a tese absurda de uma barra de manteiga poder cortar uma faca, que é como quem diz, um avião, - um tubo oco de alumínio com alguns milímetros de espessura-, a seccionar e atravessar perfis de aço maciço com 50 centímetros ..

Publicado por Charlie

3 comentários:

  1. No próprio dia, achei estranho. Nos dias seguintes, quando mostraram imagens do suposto avião que teria colidido com o Pentágono, tive a certeza de que estávamos todos a ser enganados.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida, e á medida que o tempo passa e que a emoção se esvai é cada vez mais acertada a ideia de que há uma enorme tramóia nisto.... :(

      Eliminar
  2. Depois de verem este pequeno making off das torres, desafio qualquer pessoa, engenheiro, arquitecto, especulador, seja quem for, a demonstrar como um avião em aluminio atravessa aquele monstro de aço como uma faca de cozinha em manteiga derretida. https://www.youtube.com/watch?v=Jwc49cZKunQ

    ResponderEliminar