março 31, 2011

O meu reino por um joelho ou da felicidade em saquetas de pó solúvel.

Atenção: na crónica que remeto de seguida, relativamente ao declarado, não admito contraditório. Esclarecimentos, sim. Se alguém o tiver, em abordagem credível, que me esclareça e eu agradecerei. Mas – e sublinho – contraditório não admito! Sim, que a perna é minha e diz-se que de mim sei eu…
Ah, e a publicidade inclusa é pro bono.
Posto isto, então, é assim: de há cerca de três anos a esta parte foi-me diagnosticado um desgaste apreciável na cartilagem da articulação do joelho direito que tem, como efeitos óbvios directos, um forte e permanente inchaço, dores significativas e progressiva dificuldade de locomoção.
Nada de raro ou de extraordinário. Sinais da idade, muita moto e dos desgastes que lhe estão associados, mesmo sem acidentes. Consultas médicas, para diagnóstico, consultas, ainda, a especialistas para apuramento e confirmação resultaram em: terapêutica recomendada - Glucosamina, medicamento comparticipado pelo SNS, em saquetas, pó solúvel, ingestão do conteúdo diário de uma saqueta… e, olhe, vá-se aguentando.
Quanto ao mais, avaliar, a par e passo, a evolução da situação até à perspectiva da intervenção cirúrgica, a definir por mim, em função da perda de qualidade de vida.
Tudo bem. Ninguém vai para novo. Era melhor que não acontecesse mas… é a vida.
Três anos a ingerir religiosamente a Glucosamina (nome de medicamento) solúvel e sem qualquer resultado aparente. O joelho um trambolho, quer quanto ao inchaço quer quanto à penosidade do dia-a-dia… E o medicamento a ser consumido, com os encargos inerentes para o SNS e para mim, pelas respectivas consultas médicas e taxas moderadoras, à ilharga.
Um dia, numa conversa informal com um Médico, ele diz-me: «- Há-de experimentar o Optimus. É idêntico à Glucosamina (medicamento), mas tem umas outras coisas que potenciam a acção do sulfato de glucosamina (princípio activo), o que faz com que, em muitos casos clínicos, seja mais eficaz … Só que não é comparticipado pelo SNS…».
Ora, como o meu joelho também não é comparticipado e vai havendo algum dinheiro para gastos e, ainda, porque prezo muito a qualidade de vida – e, aí, em primeira instância a minha, sempre que posso e me deixam ­–, aliado isso ao facto de a incomodidade já ser mais do que muita, o que apontaria para uma intervenção cirúrgica muito mais cedo do que eu preveria, fui dar um passeio até uma farmácia, à cata do tal Optimus.   
Isto ocorreu em 16 de Agosto de 2010. Em quinze dias – e juro pelas alminhas todas, de sobrevivos e de finados, que esta é a mais pura das verdades – o inchaço desapareceu completamente e, com ele, as dores, e quanto às funcionalidades do meu joelho, cerca de um escasso mês depois, não tendo regressado à traquinice dos quinze anos, mostra-se capaz de me levar ainda muito longe, escada acima, escada abaixo. E, até hoje, momento em que vos escrevo esta croniqueta, assim vou estando, cheio de contentamento.
Ora aí está, finalmente, uma história com final feliz! E, numa de serviço público, quem tiver problemas de cartilagens, pergunte ao seu médico se não será de experimentar.
Só não consigo compreender é uma coisa: porque é que sendo o Optimus tão mais eficaz que a tal Glucosamina – como tive, entretanto, bastas outras comprovações – esta é comparticipado pelo SNS e aquele não…
Um medicamento e o outro têm exactamente 1.500 mg de sulfato de glucosamina e a recomendação de ingestão diária é a mesma.
Será que o SNS, sado-masoquisticamente, pretende promover as intervenções cirúrgicas – caras que avonde de per si e mais caras ainda ao país pelo tempo activo que nos consomem – por algum desidério inconfessável? Ou só está, dissimuladamente, a promover um negócio? Ou só estarão, por lá, distraídos?
Pronto. Agora, enquanto eu dou à perna, já podem contraditar à vontade… 

34 comentários:

  1. oLHA QUE CURIOSA COINCIDÊNCIA.
    Eu que ainda não cheguei aos 40 tenho uma artrose severa no joelho esquerdo. Neste caso não fruto da idade mas como consequência de um acidente complicado de viação há 18 anos. Este Inverno a situação piorou bastante e em janeiro comecei a tomar Glucomed diariamente: 2 comprimidos por dia.
    Não há melhoras. É doloroso e há dias em que coxeio muito. Ainda não tenho idade para a operação e por isso o médico recomendou hidroginástica. Outro médico recomendou acupunctura pois parece que a hidroginástica alivia no momento mas a longo prazo é prejudicial. supostamente leva mais humidade ao osso. E entretanto tenho andado a pensar se faço as agulhas ou não... mas depois do teu texto fiquei com vontade de experimentar esse tal Optimus...

    E já agora as melhoras, companheiro de maleitas!!

    ResponderEliminar
  2. Não é para a Gotinha a piadinha que se segue; Linda :) um miminho para ti, o Goto e os meninos....

    Mas para o Orca, não tenhas problemas, que isso agora gangrena e depois cai, e ficas com o problema resolvido.

    (xi" já estou a ver o Orca a saltar da espuma e lançar-se sobre a presa.)

    Mas o que cai é o sistema que nos lixa a paciência e mina a saúde.
    Desejo as melhoras. Nem saberia o que fazer, pois adoro andar de bicla e uma coisa dessas faz de imediato encostar a ginga à parede e arrumar as botas.

    ResponderEliminar
  3. Gotinha, como é possivel?
    Um acidente de viação?
    Eu penso nisso pois os joelhos são muito solicitados no ciclismo, e já tive várias quedas com toques de joelhos no chão. Nada de grave, mas sempre são pancadas, e fiquei apreensivo ao saber-te tão nova e já com esses problemas.
    As melhoras também. jinhos e abraços a toda a familia Gota

    ResponderEliminar
  4. (muito gosto eu de vos provocar... ihihihihih... já me estou a rir... ihihihihih)

    Gotinha... isso não será... gota?!

    ResponderEliminar
  5. ahahaahaah
    São Rosas, gaja!
    És mesmo provocadora, que raio de feitio o teu.

    ResponderEliminar
  6. Não há quem lhe ponha tino, camarada, pá!

    ResponderEliminar
  7. Eu continuo a preferir a TMN.

    ResponderEliminar
  8. Olá, Gotinha, irmã nas cartilagens fragilizadas.... Quem houvera de dizer, que o mundo é tão pequeno e as cartilagens tão débeis... ;-)»

    Pois, Charlie... E sabes que isto das cartilagens empenadas traz um efeito colateral chato? É o alargamento abdominal... Pelo menos, já tenho uma desculpa... :-(»

    Pois já levei o joelho à TMN, Shark, que também tenho contrato, mas quando referi que queria o fornecimento em pó branco, pediram ao segurança que me pusesse na rua... Não percebi! :-(»

    ResponderEliminar
  9. Se a Gotinha usar o Optimus e melhorar, nomeio-te o novo Santo da Ladeira!

    ResponderEliminar
  10. Haveria de ser giro: Santórca da Ladeira!

    ResponderEliminar
  11. SantOrCa da Ladeira é bom...! A ver se me sai um poema assim a resvalar para o abençoado e a propósito...

    ResponderEliminar
  12. E se o poema não sair já saiu a maleita o que não é nada mau!! ;)

    ResponderEliminar
  13. Que grande forrobodó....
    Camarada de cartilagem,
    só depois de consultar o meu médico poderei experimentar porque estive a comparar as dosagens e o meu medicamento tem apenas 1/3 do teu. É melhor eu ter juízo... mas que vou falar do Optimus ai isso é que vou!!

    Charlie,
    pois tive uma perna partida com direito a transplante de osso da anca e com placa de platina servida com 10 parafusos. Tive vários problemas na recuperação e nem me consegui ajoelhar. Já fui operada 3 vezes. Supostamente foi uma deficiente solidificação do osso que levou a esta situação.

    São Rosas,
    Achas-me tão óbvia ao ponto de escolher ter Gota??! hein... ;-) Só poderia ter algo tão recôndito como bicos de papagaio, pois então!!

    Beijufas a todos1 lá por andar afastada não ando esquecida da vossa amizade.

    ResponderEliminar
  14. Xi gotinha....
    Desconhecia completamente esse teu episódio.
    Poças, que nem imaginava a situação.
    Imagina agora que estou lendo as tuas linhas que a minha Maria foi andar de bicla comigo, (ela anda pouco, nada como os 50 km que faço). Apenas uma voltinha para descontrair e palpita: foi parar ao chão, e tem o pé todo inchado, mal se pode mexer.
    Só espero que consigas recuperar a 100%.
    Miminhos a toda a familia Chuva, digo Gotas....

    ResponderEliminar
  15. Eu bem desconfio quando me dizem que o desporto dá saúde...

    Também não sabia essa saga da Gotinha. Rapariga, tu por dentro és um Ferrari... às peças :O)

    ResponderEliminar
  16. Pois, pois... e se não lhe bastava tanto valor intrínseco, ainda resolveu juntar-lhe mais uns gramas de platina... Isto ele há gente que dá cabo de todas as escalas, no que toca à valorização. E ainda há quem fale mal dos professores...!

    Bem, brincadeiras à parte, as coisas sérias: fazes bem em falar ao teu médico, amiga. Que eu saiba a dose de glucosamina mais intensa não trará contraindicações... Mas quem sou eu? Nem médico, nem paramédico. No limite, paraquedista... A grande verdade - para mim, note-se - é que levo já para cima de oito meses de experiência com resultados altamente favoráveis.

    E todo eu incharei de contentamento se esta dica te puder ser útil, com resultados idênticos ao meu. Ainda que o teu caso tenha contornos muito mais traumáticos. Mas cartilagem é cartilagem, que diabo!

    ResponderEliminar
  17. «Persuacção - a para-farmácia»

    ResponderEliminar
  18. A única Para-farmácia com aconselhamento online!!!

    ResponderEliminar
  19. Ainda vamos fazer negócio co'isto :O)

    ResponderEliminar
  20. Boas, desculpem vir intrometer-me no vosso cantinho, mas tal como o "Orca", tambem tenho lesoes nas cartilagens do meu joelho e como tal venho partilhar a minha experiencia e colocar uma duvida. Mais de 20 anos a andar de mota com chuva e sol e uma fractura na rotula á mais de 15, na altura fui operado e retomei a minha vida, ligeiramente limitado, mas pronto para tudo. Contudo á cerca de 2 anos e inesperadamente de um dia para o outro deixei de andar, estava a fazer obras em casa, nao fiz esforços de maior, para nao dizer nenhuns, a unica coisa que fiz foi estar o dia todo de pé e no dia seguinte nao andava com tantas dores e inchaço no Joelho.
    Sem alternativa, saquei as muletas da dispensa que me acompanharam durante 8 meses e acabei por as largar graças a umas infiltrações que fiz no Joelho, denominadas de Go-On, mas que tem uma duração limitada no organismo, dizem 6 meses, mas já me aguentam á mais de um ano, claro que tambem me tenho poupado aos esforços fisicos e levo uma vida muito menos activa.
    Quanto á Glucosamina, começei por tomar as saquetas de 1500mg e posteriormente adicionei á toma o Ossin de 500mg que é precisamente Sulfato de Condroitina, estou com uma dose superior á do Optimus, mas nao noto quaisquer melhorias, dá-me apenas a sensação que se estiver alguns dias sem tomar, que as dores e os inchaçoes se apoderam de mim.
    A questao que tenho para colocar é relativa á operaçao que o Orca fala, pois quando me deparei com a falta de cartilagens, recorri a varios medicos especialistas e todos me disseram que dado ao avançado estado de degradação das minhas cartilagens, já nao haveria nada a fazer e a unica opção seria colocar uma protese, mas devido á curta duraçao das mesmas e á minha idade, 35 anos, todos me aconselharam a adiar a protese o máximo que pudesse. O que gostaria de saber é se a suposta operaçao ao Orca teria a ver com proteses ou outros metodos ? Quanto á utilização do Optimus, irei ponderar se experimento ou nao, visto que aparentemente estarei a tomar os mesmos componentes mas em doses superiores. Já pesquisei muita informação sobre estes assuntos e li alguns testes, todos feitos pelos laboratorios que fabricam ou comercializam estes produtos, nenhum estudo independente, contudo ninguem tem certezas de os produtos terem realmente um resultado positivo.
    As melhoras para o Orca e um bem haja para todos.

    ResponderEliminar
  21. Pedro Magalhães19 outubro, 2011 23:36

    Também ando a tomar o Optimus há cerca de 15 dias... passo a contar a minha estória:
    Há cerca de 3 anos, depois de estar sentado no chão com a perna por debaixo do rabiosque por cerca de uma hora fiquei com fortes dores no joelho, que não me deixavam andar mais do que 200mts... decidi ir a um Ortopedista, o qual me diagnosticou um problema qualquer no menisco, mas mandou-me fazer uma ressonância magnética, resultado, no menisco não acusou nada, só um certo desgaste na cartilagem... e não é que o gajo continuava a insistir que tinha de ser operado ao menisco?... tinha seguro de saúde na altura... mandei-o dar uma volta.
    Depois aproveitei uma consulta num médico de clínica geral e falei-lhe no assunto, disse-me que podia ser reumatismo, receitou-me umas pastilhas, grande parte das dores desapareceram, mas continuei com uma dor sp constante na parte da frente do joelho, mas como dava para caminhar e como não estava para me meter em mais ortopedistas fui deixando andar. Recentemente, numa conversa, por acaso, aconselharam-me a ir a um fisioterapeuta que essa pessoa conhecia para ele me ver o joelho, disse-me quase de pronto que tinha perdido o líquido sinovial e que tinha de tomar Optimus saquetas... aconselhou-me a tomar uma caixa, parar um mês e depois voltar a tomar mais uma caixa... vou a meio da primeira caixa, ainda não vejo grandes resultados, até porque aquelas dores que sentia de início, que passaram com as pastilhas para o reumatismo já há desde algum tempo estão a voltar progressivamente, mas estou confiante no Optimus...pelo menos para aquela dor constante na parte da frente do joelho, porque se calhar também se apoderou reumatismo desse joelho e às tantas terei de voltar a tomar as outras pastilhas... mas para já também não são dores assim muito fortes, a ver vamos. Ah! Inchaço nunca tive. ;)

    ResponderEliminar
  22. Ola Pedro,
    salvo erro as injeccçoes que tomei Go-On, que existem com outros nomes, posologias e preços, sao um substituto do liquido sinovial, o mal é que segundo o fabricante permanecem no organismo apenas cerca de 6 meses e só podem ser injectadas uma vez ao ano, contudo em mim as infiltracções já estao a resultar por um periodo cerca de 3x superior, embora com algumas dores pelo caminho e neste momento a sentir que necessito de novas infiltracoes, mas devolveram-me o andar. Quanto a Glucosamina/ condroitina continuo na minha mistura de glucosamina generica 1500mg + condroitina (Ossin 500mg), talvez num proximo reabastecimento experimente o Optimus. Votos de breves melhoras.

    ResponderEliminar
  23. Caríssimos, sem ter tido sequer necessidade de recorrer à tal intervenção cirúrgica, aqui informo que a evolução da situação do meu joelho tem sido altamente satisfatória.

    Entretanto, acrescento que surgiu no mercado - uma vez mais não comparticipado pelo SNS e por preço próximo do Optimus, um novo produto, o MOVENDO.

    A dose de 1500 mg de Glucosamina é acompanhada com 1200 mg de Condroitina, potenciando os respectivos efeitos com maior eficácia, têm-se revelado ainda mais satisfatórias, de facto.

    Claro que o acompanhamento e aconselhamento médico será determinante e muito longe de mim promover auto-medicações, sempre muito arriscadas, pelo diverso perfil de cada indivíduo.

    Mas sempre vos digo que se não houver restrições alimentares ao marisco e ao sódio, se conservarem a embalagem em lugar seco e escuro, se ainda houver dinheiro na carteira para estes «desvarios» em medicamentos, se aconselha este produto, muito vivamente, nas situações da degradação da cartilagem por idade (osteoartrose), por stress desportivo ou por algum tipo de traumismo.


    Então, fiquem-se com esta e façam o favor de tentar viver mais felizes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O MOVENDO é sem sombra de duvidas um produto

      Eliminar
    2. É sempre bom andar por aqui e apreciar os comentários feitos sobre questões que também sento dúvidas. Primeiro e sem dizer que o mal dos outros alivia a minha dor.. mas ao menos não sinto-me normal hehe pois eu também tenho andado entre saquetas; fisioterapia e go-on. Para mim, de longe que o go-on foi o mais eficaz, sendo eu acelerada e sem paciência para tratamentos prolongados. Porém .. primeiro episódicamente e agora mais duma forma continuada lá estou novamente com dores.. limitando coisas que gosto de fazer, entre elas caminhadas. .. já voltei ao médico.... recomeçou a terapia.. mas eu tenho pensado no tal go-on. vou , junto de médico lhe falar no otimos e no MOVENDo... Veremos .. e espero que sim..

      Eliminar
  24. optimus é fantástico! o meu joelho rejuvenesceu!

    ResponderEliminar
  25. Pois, para quem interessar possa, aqui deixo o testemunho de que o episódio do meu joelho direito pode considerar-se ultrapassado, sem intervenção cirúrgica.

    Entretanto, a situação repetiu-se, agora no joelho esquerdo. Lá recomecei com o Movendo... e aguarda evolução.

    Pelo caminho, aqui deixo a informação de que, em situações de dor aguda - que são provocadas pela infecção na articulação, o meu Médico recomendou o Arcoxia (três ou quatro dias com um comprimido por dia), tratamento que se tem revelado muito eficaz.

    Mas não deixem NUNCA de consultar o Médico!!!

    ResponderEliminar
  26. eh pá e os gazes que aquilo dá? cada traque.....

    ResponderEliminar
  27. Boa tarde
    em janeiro também senti muitas dores na anca e depois de fazer um RX a minha medica de familia disse-me que tinha artroses, também me recomendou o suplemento optimos.
    já tomei varias caixas e não noto grandes resultados.

    ResponderEliminar
  28. só tomo há cerca de 1 semana mas avaliação claramente positiva para o Optimus que parece não ter apenas influência positiva nas cartilagens/articulações mas no bem-estar geral!
    o que sinto é como se tivessem sido lubrificadas as minhas articulações
    :)
    P.S: o meu quadro clínico inclui além do joelho direito (o esquerdo melhorou com o tempo essencialmente pela fisioterapia da embraiagem do meu automóvel), um pouco na anca do lado direito e um calcanhar que sempre achei que era algo tipo esporão do calcaneo (mas ja acredito que será mais uma artrose qualquer) comecei a ter também rizartroses (pontadas na base do polegar nas duas mãos); sinto melhorias generalizadas

    ResponderEliminar
  29. Sofri uma rotura do ligamento cruzado anterior e alguns danos no menisco do joelho esquerdo aos 33 anos. A partir dos 41 anos comecei a ter dores crónicas nesse joelho. Experimentei diversos produtos a conselho médico, e recentemente só um resultou realmente a 100%, foi ele o produto Structomax, com o qual fiz um tratamento durante dois meses, e após esse tratamento já lá vão cerca de 3 meses sem dores, mas o médico na última consulta aconselhou continuar a tomar o produto alternadamente no futuro, tipo tomar durante um mês e alternar com um ou dois meses sem tratamento, voltar a tomar, e por aí fora .

    ResponderEliminar
  30. Olá, durante anos fui maltratando as articulações, basket, futebol de rua, noitadas de dança sem descanso e muito peso a mais...resultado? cartilagens degradadas e inchaço nos joelhos, sim os dois. Tratamento e mais tratamento Strucomax e muito gelo até que descobri o RICE. O tratamento que todos temos ao dispor basta ser rigoroso. Rest Ice Compresion (joalheira elástica) Elevation + glucosamina e desapareceu o inchaço e ficou a atenção ao detalhe.

    ResponderEliminar